O senador João Capiberibe pediu nesta quinta-feira (7) providências ao Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, em relação a um fato ocorrido em 30 de novembro de 2015. Neste dia começou a circular no facebook compartilhamentos de uma hipotética notícia publicada no site http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/ de responsabilidade da jornalista Vera Magalhães, com a seguinte manchete: “Em interrogatório, Delcídio cita o nome do senador João Capiberibe (PSB-AP) como intermediador da conversa com o filho de Cerveró”.

O texto da matéria afirma, ainda, que “o senador Capiberibe temia que seu nome fosse citado por Cerveró em sua delação premiada, pois este haveria intermediado uma vultuosa doação, junto ao banqueiro André Esteves, que também se encontra nas carceragens da  Polícia Federal. A doação teria sido destinada para a campanha do filho de Capiberibe do governo do Amapá”. Por fim, a matéria diz também que o senador Capiberibe seria intimado a depor na Polícia Federal.
Quem criou a falsa matéria quis fazer crer que o senador estaria envolvido no esquema da “Operação Lava Jato”. Vale destacar que Capiberibe nunca foi intimado pela Polícia Federal por tal fato.

Para que o leitor possa se certificar que a notícia não passava de uma fraude grosseira, basta acessar o site http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/, e em uma simples busca usando o termo Capiberibe poderá perceber que a notícia compartilhada não foi postada no referido site.

Se não bastasse a veiculação de uma notícia falsa que fere a honra e afeta a imagem pública de um Senador da República, tal notícia também envolve o nome da Policia Federal, como se os fatos fossem verdadeiros, induzindo o leitor a crer que as informações foram conseguidas junto àquele respeitável órgão Federal, e que o senador João Capiberibe teria participado de falcatruas e desvios públicos com a finalidade de eleger seu filho governador do Estado do Amapá.

O senador Capiberibe espera que os fatos sejam esclarecidos. “Diante dos fatos relatados, peço à Procuradoria-Geral da República, que tome as medidas cabíveis e se comprovadas as fraudes aqui descritas promova ação penal competente em relação aos responsáveis pela veiculação da falsa notícia”, ressaltou o senador Capiberibe em ofício enviado ao procurador Rodrigo Janot.

Pagina 132 de 132
bannerda tv

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2017

00000001

capi sustentavel

livro morte nas aguas

capi youtube
Sua ideia pode virar Projeto de Lei

Newsletter

  1. Twitter
mais-noticias

Endereço

Ala Sen. Afonso Arinos - Gab. 08
CEP: 70.165-900 Brasília/DF
Telefone: (61)3303-9011
Fax: (61)3303-9019
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.