O senador João Capiberibe disse durante sessão destinada a analisar autos do Supremo Tribunal Federal e decidir sobre prisão do senador Delcício do Amaral que o partido dele, o PSB, tem tradição de se posicionar pelo voto aberto. "Que fique claro, não estamos decidindo o mérito da questão, mas o caráter do voto", destacou.

Foto: Reinaldo Ferrigno

Veja o vídeo da fala do senador

Brasília, 25/11/2015 – O ministro da Cultura Juca Ferreira afirmou hoje que vai se empenhar pessoalmente para que o saber das parteiras tradicionais seja inventariado e tombado como patrimônio cultural imaterial do Brasil. O compromisso foi assumido em audiência à deputada federal Janete Capiberibe e ao senador João Alberto Capiberibe (PSB/AP).


A próxima reunião da Câmara Técnica do Conselho Consultivo que decide sobre o patrimônio imaterial ocorrerá em 09 de Março do próximo ano. Até lá serão consolidados os argumentos do processo. “Vou pessoalmente à reunião”, disse o ministro.


A deputada Janete coordenou o Projeto Parteiras Tradicionais do Amapá, entre 1995 e 2002. Até 2002, foram realizados 17 cursos no Amapá; 1.400 parteiras tradicionais tinham sido capacitadas; quase 2 mil cadastradas e incluídas no programa de renda do governo estadual. Em 2014, o governador Camilo Capiberibe construiu e inaugurou a Casa da Parteira, no Museu Sacaca.


Em Maio do ano passado, apresentou indicação ao Ministério da Cultura para que fizesse o registro do saber tradicional das parteiras no Livro dos Saberes e o tombamento como patrimônio cultural imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Arquitetônico Nacional – IPHAN. São mais de 60 mil parteiras tradicionais no Brasil, cujo conhecimento milenar é base do saber acadêmico. A I Marcha das Mulheres Negras defendeu a inclusão das parteiras tradicionais na saúde pública para reduzir o preconceito e humanizar o atendimento às mulheres negras e pardas.


A Organização Mundial da Saúde - OMS defende a inclusão das parteiras na saúde pública com o objetivo de ampliar a quantidade de partos normais. O Brasil registra taxa de 53% de cesarianas, uma das mais altas do mundo, quando a OMS considera ideal que seja de 15%. A OMS afirma ainda que Segundo a OMS, elas podem evitar cerca de dois terços das mortes maternas e entre recém-nascidos e são capazes de prestar todos os serviços relacionados à saúde sexual, reprodutiva, materna e do recém-nascido.

Fotos: Lia de Paula/MC
Texto: Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP)
61 3215 5209

Senador fala sobre licenciamento ambiental

O senador Capiberibe participou hoje de um café da manhã promovido pela Frente Parlamentar Ambientalista, no Auditório Freitas Nobre, na Câmara dos Deputados. Na ocasião houve discussão sobre as “Unidades de conservação-Benefícios econômicos Sociais”.
 
Capiberibe falou sobre a flexibilização do licenciamento ambiental. Ele acredita que da forma que está proposto não trará benefícios para a área ambiental.

O senador destacou, ainda, uma revisão da Agenda Brasil, que possui uma série de propostas relativas ao meio ambiente e que poderão trazer prejuízos, ao invés de contribuições.

Pagina 6 de 67
bannerda tv

fiscaliza br botao

00000001

capi sustentavel

livro morte nas aguas

capi youtube
Sua ideia pode virar Projeto de Lei

Newsletter

  1. Twitter

Endereço

Ala Sen. Afonso Arinos - Gab. 08
CEP: 70.165-900 Brasília/DF
Telefone: (61)3303-9011
Fax: (61)3303-9019
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.