O senador João Capiberibe (PSB-AP), que se empenhou junto aos governos federal e estadual para viabilizar a interligação do Amapá ao Centro-Oeste e ao Caribe, América do Norte e a Europa, através do Porto de Santana, saudou a assinatura pelo ministro dos Portos, César Borges, nesta quarta-feira (29), do contrato que autoriza a Companhia Norte de Navegação e Portos (Cianport) a instalar um Terminal de Uso Privado (TUP) na Ilha de Santana, município de Santana, no Amapá.

Com o TUP da Ilha de Santana, a Cianport terá capacidade para movimentar, inicialmente, cerca de 8 milhões de toneladas de granéis sólidos por ano a partir da hidrovia do Tapajós e da hidrovia do Amazonas.

- Isso significa que vamos escoar nossa safra pelo Equador, pela latitude zero, economizando mais de quatro mil milhas - em relação a determinados portos - para exportar para a Europa e para a Ásia pelo Canal do Panamá, que foi alargado, disse o ministro César Borges.

Para o senador João Capiberibe, o terminal da Cianport “é o resultado do resgate da credibilidade do Amapá, fruto de um trabalho do governador Camilo".

Ele lembra que, em 2011, atendeu em seu gabinete Luiz Antonio Pagot, que foi lhe pedir ajuda para a instalação de uma nova rota de exportação de grãos produzidos no Norte do Mato Grosso pelo porto de Santana, no Amapá.

O projeto, apresentado por Pagot, incluía a construção de silos, de um porto privativo, uma frota fluvial de 60 barcaças e seis empurradores. Um investimento de R$ 613 milhões.

Logo depois da visita de Pagot ao senador foram iniciadas as tratativas com o governador Camilo Capiberibe para que o ambicioso projeto da Cianport se tornasse realidade.

O primeiro passo foi uma visita do governador do Amapá, Camilo Capiberibe, em novembro de 2011, ao Médio Norte do Mato Grosso.

A visita foi o inicio de uma relação para que as produções de grãos dos municípios Sorriso, Sinop e Lucas do Rio Verde fossem escoadas pelo porto de Santana, no Amapá.

Alguns meses após a visita de Camilo ao Mato Grosso, começaram os estudos para a construção de silos e galpões para armazenagem de grãos no Porto de Santana.

“Se hoje o terminal da Cianport é uma realidade concreta, isso se deve totalmente ao empenho do governador Camilo, que não poupou esforços para que o Amapá possibilitasse aos produtores de grãos do Norte do Mato Grosso que escoassem sua produção para a Europa e até para China, através do canal do Panamá”, concluiu Capiberibe.

 

up ag 8758 cianport 3a

Pagina 1 de 77
bannerda tv

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2017

00000001

capi sustentavel

livro morte nas aguas

capi youtube
Sua ideia pode virar Projeto de Lei

Newsletter

  1. Twitter

Endereço

Ala Sen. Afonso Arinos - Gab. 08
CEP: 70.165-900 Brasília/DF
Telefone: (61)3303-9011
Fax: (61)3303-9019
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.