Quarta, 26 Abril 2017 13:16

CDH do Senado aprova requerimentos de Capiberibe para debater Desmatamento Zero

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado aprovou nesta quarta-feira (26) dois requerimentos do senador João Capiberibe (PSB/AP) relativos ao Desmatamento Zero. O primeiro com o tema “A importância do Desmatamento Zero para o Brasil e os caminhos para que seja atingido; e outro “Desmatamento Zero para garantir o futuro socioambiental e econômico do Brasil”.

“A vida como conhecemos não existiria caso florestas como a Amazônia deixassem de existir. Além do evidente prejuízo à biodiversidade, sem floresta não há água, nem produção de alimentos. Sem floresta também não há ar puro e ficamos muito mais vulneráveis a eventos climáticos catastróficos”, justificou Capiberibe.

Apesar de sua importância, as matas continuam sendo devastadas. Apenas na Amazônia Brasileira, já foram perdidos mais de 760 mil km2 de matas nativas. Na década de 70, o desmatamento na região era de apenas 1%. Em 45 anos, está devastação já supera os 19%. No caso da Mata Atlântica, o histórico de devastação é ainda mais antigo e trágico, resta apenas 8,5% de remanescentes florestais com mais de 100 hectares do bioma.

“Pelos diversos benefícios proporcionados pelas florestas, é que se faz necessário avançar na discussão sobre a implementação do Desmatamento Zero no Brasil, a começar pelo Sugestão de Iniciativa de Projeto de Lei Nº 06 de 2015, pelo Desmatamento Zero submetido à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado por um grupo de organizações, também apoiado por mais de 1.4 milhão de brasileiros”, destacou o senador.

Marcos Oliveira/Agência Senado

bannerda tv

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2017

00000001

capi sustentavel

livro morte nas aguas

capi youtube
Sua ideia pode virar Projeto de Lei

Newsletter

  1. Twitter
mais-noticias

Endereço

Ala Sen. Afonso Arinos - Gab. 08
CEP: 70.165-900 Brasília/DF
Telefone: (61)3303-9011
Fax: (61)3303-9019
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.